terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Leituras do mês

Em Janeiro li imenso, em Fevereiro nem por isso. Foi mais banda desenhada.




Filmes do mês

Passaram os óscares e este ano nem vê-los. Ou seja, não vi nenhum dos filmes candidatos mas espero conseguir ver em breve. Talvez ainda hoje aumente e actualize esta lista. Entretanto, os que já vi este mês foram:










segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Viajar sem sair do lugar

Mais uma vez falo numa coisa que me fascina. Trata-se do poder da internet para nos fazer viajar sem sair do lugar. Hoje, através do facebook e do que os meus amigos partilham, vou conhecendo mais mundo. Nos últimos tempos, fui vendo fantásticas imagens do Chile, Brasil, Estados Unidos, Angola, Bali, Bélgica, Dinamarca, Alemanha, Dubai, França, Colômbia, várias ilhas do Caribe e devo estar a esquecer-me de mais algum destino porque foram mais de certeza, para além de vários locais do nosso fantástico país. É verdade que gosto muito de ir vendo estas fotografias, mas gosto mais ainda quando sou eu que viajo :)
 
Foto de Alexandra Sousa
 

Sabedoria oriental

Há dias falei-vos de uma agenda antiga que encontrei. A mesma tem várias frases inspiradoras, todas elas pérolas da sabedoria oriental. Para começar a semana deixo-vos esta inspiração.
 
Para receberes tudo, tens de abrir a tua mão e dar.
 
Foto de Alexandra Sousa
 

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Os Óscares - ET Forever!

Vem aí mais uma noite de Óscares e eu como sempre não vou ver porque estar acordada de madrugada não é comigo. Este talvez seja o ano em que estou mais atrasada no que toca a filmes porque tenho visto muitas séries e não vi nenhum dos filmes nomeados. Em homenagem ao cinema aqui fica uma referência a um dos filmes da minha vida: o ET! E encontrei-o recentemente!


video


Message in a bottle

Continuo fã das mensagens que vêm nas garrafas de água do Luso. Estas foram as duas últimas que me calharam.


Fotos de Alexandra Sousa

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Fim de semana (em) grande

Pois parece que vem aí a primeira ponte de 2017. Eu sei que não é para todos mas de qualquer forma, aqui ficam os desejos de que todos tenham um fim de semana em grande!


Estátuas em Lisboa #1 - Cesário Verde

Vou iniciar uma rubrica aqui no blogue dedicada às estátuas que vou encontrando por Lisboa. Assim, vou aprendendo alguma coisa e partilhando convosco. Começo com o busto do poeta Cesário Verde. Está localizado desde 1955 no Jardim Cesário Verde, na rua de Dona Estefânia e foi esculpido em bronze pelo artista Maximiano Alves. Cesário Verde teve Lisboa como sua musa inspiradora e foi o grande retratista das cenas da vida lisboeta. Nasceu em Lisboa em 1855 e faleceu em 1886.

Foto de Alexandra Sousa

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Se a vida te dá laranjas...

... faz laranjada. Ou então faz antes um bolo de laranja. Recebemos cá em casa muitas laranjas biológicas só tratadas com sol e água. Já distribuímos por família e amigos mas ainda assim temos muitas e uma das formas de as aproveitar foi fazer um bolo de laranja. Ficou óptimo!




Fotos de Alexandra Sousa

Azulejos da Estação do Pragal

Há dias mostrei-vos aqui os azulejos da estação de Campolide, bem giros por sinal. No entanto, quando cheguei à outra margem, dei com estes azulejos na estação do Pragal. Confesso que é uma forma de arte que não aprecio, porque olho e não percebo nada, não encontro harmonia. Foram inspirados na obra "Peregrinação" de Fernão Mendes Pinto e são da autoria do artista plástico José Santa Bárbara. O artista que me perdoe mas não fiquei fã.







Fotos de Alexandra Sousa

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Os meus amigos estão a começar a ser avós

Hoje estou numa de reflexões mas a vida não pára, o tempo passa e acontecimentos recentes fazem com que fale disto. Em poucos meses, quatro amigos meus foram avós. O mais recente foi esta semana. E isso mexeu um pouco comigo porque me senti quase um pouco tia-avó. E dei conta de que já estou numa idade em que vejo os filhos dos meus amigos (que conheci em pequenos) a serem pais. Ai!! Socorro!!! Dá para o tempo andar um pouco mais devagar ó fachavor?
Por outro lado vejo todos estes novos avós com um ar muito jovem, anos-luz da imagem que tínhamos dos avós doutros tempos e isso dá-me sempre ânimo e penso que ainda estamos aqui com tanto para viver!


Deixar os filhos voar

Sempre disse que sou mãe galinha assumida. Mas esforço-me bastante para descolar as asas e libertar um pouco o meu pintainho. Cada dia que passa vou fazendo isso aos poucos, sabendo que ele tem que que sair e conhecer o mundo com os seus olhos, à sua maneira. Vamos fazendo isso aos poucos, sem sobressaltos e é um orgulho vê-lo crescer e já ser tão mais alto do que eu que já quase não cabe debaixo das minhas asas. Mas por mais pequenas que as minhas asas sejam para o seu tamanho, estarão sempre abertas para o receber. Um amor incondicional e inexplicável.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Fonte amarela

Há recantos fantásticos na minha cidade. Esta fonte fica mesmo junto ao Hospital D. Estefânia. Achei o máximo!


Fotos de Alexandra Sousa

Mudança de visual - Parte 1

Como sabem não sou muito de me mostrar mas desta vez resolvi mostrar um pouco porque a artista merece e não sou eu. É a minha cabeleireira. De há uns dois anos para cá o meu cabelo não é carne nem é peixe, deixou de ser mais liso e passou a ser mais encaracolado. Mas não o suficiente para lhe dar forma. Andava sempre com o cabelo apanhado porque não conseguia fazer nada dele. Já tinha falado com a Alessandra Gonga (minha cabeleireira) de que gostaria de fazer um alisamento daqueles que tanto se fala. Mas por falta de oportunidade e tempo, nunca chegava a fazer. Depois há a questão dos brancos. O meu cabelo cresce muito rápido e num instante volto a ter a famosa risca branca das raízes. Falámos em fazer umas madeixas para disfarçar mas resolvemos ir por partes. Nada me vale fazer madeixas para depois continuar a ter um cabelo que não consigo que tenha ar de penteado. Então resolvemos começar com o alisamento. Trata-se de um alisamento progressivo orgânico, livre de agentes potencialmente cancerígenos. É uma opção segura e eu não poderia ter saído mais satisfeita. O alisamento deixa o cabelo ligeiramente mais claro, por isso daqui a uns dias é que vamos ver a questão da cor e das madeixas. Por agora continuo com a minha raiz branca mas ao menos estou sempre penteada! E dura mais ou menos 6 meses!!!

Espreitem outros trabalhos da Alegonga Cabeleireiros no facebook. Fica na Av. de Roma n.º 116 A.

Cheguei lá assim

No final da primeira etapa (limpeza do fio)

Alessandra & Alexandra :)

O resultado final

Mesmo como eu queria

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Coisas que eu vejo por aí 99 - Paragem aquário

Estava eu à espera de autocarro no Parque das Nações quando de repente olhei para cima e vi o original tecto da paragem. Senti-me logo no mundo do Nemo e da Dory.



Fotos de Alexandra Sousa

Valorizar

Há uma tendência generalizada para dizer mal. Mas poucas vezes se diz bem. Vamos mudar isso? Vamos ser diferentes e em vez de deitar a baixo, vamos valorizar as qualidades das pessoas?


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Lisboa, cidade dos azulejos #27 - Estação de Campolide

Foram poucas as vezes que andei no comboio que atravessa a ponte 25 de Abril, mas recentemente tive que ir ao Pragal e parti da estação de Campolide. E nunca tinha reparado nestes painéis de azulejos. As imagens foram captadas à pressa porque o comboio estava a chegar mas ainda assim dá para ver esta obra de Eduardo Nery.





Fotos de Alexandra Sousa

Mural de Apoio à Vítima

Andar por Lisboa é sempre uma constante descoberta. Na rua de D. Estafânia, mesmo junto ao hospital, descobri recentemente este mural. Trata-se de um mural que assinalou os 25 anos da APAV - Associação de Apoio à Vítima.



Fotos de Alexandra Sousa